#PDMmoment

Nos dias 14 e 15 de março, realizou-se mais uma edição do Retreat do Grupo PDM!

Entrevistámos o Hugo Marçal | General Manager da Sendit.
Sendit
O Hugo está na empresa desde 2007 e é formado em Engenharia Informática e de Computadores. Afirma que aquilo que o motiva diariamente em termos profissionais é ter a oportunidade de realizar o trabalho que gosta, abraçar desafios fora da zona de conforto, trabalhar com uma excelente equipa e contribuir decisivamente para o sucesso da Sendit.
Quando foi criada a Sendit, como tem sido o percurso da empresa e como está a ser o seu processo de adaptação no seio da Go4Mobility e do grupo PDM?
“A Sendit foi criada em 2004. Relativamente ao percurso, podemos falar do antes e depois do mundo Go4, mas acho que devemos focar-nos no mundo pós Go4. Os anos de 2017 e 2018 foram, realmente, de adaptação. Na mente de cada um, existiam empresas e plataformas concorrentes que agora se uniram para reforçar o posicionamento no mercado. A entrada no grupo originou um ajuste natural e positivo, para nos alinharmos com as ideias e objetivos estratégicos da direção. Na prática, o trabalho de fusão prosseguiu em 2018 e passou, objetivamente, pela consolidação de estratégias das empresas, uniformização de métodos de trabalho, otimização de processos e definição de um caminho sólido para o subgrupo Go4.

De facto, foi um ano em que estivemos a consolidar os mundos e as culturas e, hoje em dia, já nos sentimos parte do grupo e somos um só.”
Quais as mudanças mais significativas que existiram na empresa, após esta se juntar ao Grupo PDM? Quais considera ser as vantagens de pertencer ao Grupo?
“Fazer parte do grupo PDM dá-nos, entre muitas outras coisas, uma vantagem competitiva significativa pela possibilidade de ter recursos técnicos “à mão de semear”. Ou seja, não precisamos de perder muito tempo com recrutamento técnico, o que, no nosso negócio, é um fator importante. Destaco o excelente ambiente de colaboração que encontrámos desde o primeiro minuto em que nos juntámos ao grupo em 2017, sendo que, desde então, nos sentimos apoiados a todos os níveis.

Estar presente num grupo com a experiência, dimensão, maturidade e qualidade da PDM é muito importante para aprender, melhorar e alcançar os objetivos de forma mais célere e eficaz.”
Como carateriza a vossa equipa e que skills pretendem desenvolver melhor em 2019?
“Acredito que possa existir uma perceção de que existe uma equipa Sendit e outra Go4, mas na realidade são praticamente uma só. Temos serviços e departamentos partilhados, como RH, Marketing e Finance, só não temos partilhadas as equipas comerciais e técnicas. A primeira por orientação estratégica e a segunda porque trabalhamos em tecnologias distintas. Temos um ambiente muito bom do qual destaco a entreajuda e o espírito de equipa. Todos nós, de uma forma geral, damo-nos muito bem uns com os outros. Aceitamo-nos mesmo quando existem divergências de opinião ou de método, sendo que acabamos por conversar e, através da crítica construtiva, conduzimos o nosso barco a bom porto.

Creio que devemos melhorar a comunicação interna. Ou seja, nós conversamos uns com os outros e estamos muito em sintonia, mas muitas vezes é entre grupos fechados (heads, operacionais, equipas técnicas) e, se depois as decisões não são comunicadas de uma forma correta e linear, criam-se mal-entendidos. É um exemplo claro de uma situação positiva que se torna negativa pelo facto de muitas vezes a comunicação ser mal percecionada por quem não participou ativamente no processo de decisão. Portanto, isto é um desafio que nós temos e no qual temos vindo a trabalhar. Quando tomamos decisões, devem ser comunicadas às equipas de forma coerente, clara e objetiva para que não subsistam dúvidas nem questões que possam criar ruído.”

“Hoje em dia, já nos sentimos parte do grupo e somos um só.”

Está prevista alguma mudança/investimento relevante para 2019?
“A nível interno, destaco a constituição de um departamento de Recursos Humanos como um importante investimento na empresa, em conjunto com a Go4Mobility, a par da reestruturação e uniformização de diversos processos, cujo objetivo é simplificar e otimizar o nosso dia-a-dia. Acreditamos num crescimento sustentável e, quando pensamos em expansão, queremos estar seguros de que somos capazes de dar resposta a todos os níveis e não apenas ao nível técnico. No caso particular dos Recursos Humanos, acreditamos no imenso valor da nossa equipa e, por isso mesmo, queremos unir esforços para proporcionar ainda melhores condições de trabalho.

A nível externo, queremos dar continuidade ao processo de internacionalização em Moçambique e em Espanha onde lançámos, durante 2018, a nossa plataforma uSendit e onde temos vindo a investir na constituição de equipas locais, focadas na visibilidade da marca e comercialização dos nossos produtos. Estes mercados são estratégicos para nós, mas o objetivo de internacionalização é mais ambicioso e pretendemos que a plataforma seja comercializada online em qualquer parte do mundo, cobrindo diferentes necessidades ao nível de idioma, moeda e meios de pagamento. Em qualquer um dos casos, para além dos produtos de que já dispomos, olhamos com atenção para as diversas inovações no setor (Marketing Automation, RCS, WhatsApp4Business), oportunidades e necessidades, procurando desenvolver soluções que possam complementar a nossa oferta e nos possam distinguir enquanto empresa capaz de criar real valor para os clientes. Temos por objetivo divulgar a Sendit como uma empresa que não é apenas um fornecedor de serviços de SMS ou Email, mas sim uma empresa de referência para soluções de Comunicação e Marketing Digital, devidamente especializada e capaz de responder às exigências dos mais diversos setores de atividade.”
Quais os principais objetivos para os próximos anos?
“A experiência que temos permite-nos fazer um juízo próprio de que, neste mercado e, com o ritmo de evolução tecnológica a que assistimos diariamente, não se consegue pensar a uma distância muito grande, porque 6 meses já pode ser considerado médio-longo prazo. No entanto, com os pés bem assentes na terra, o primeiro grande objetivo é vingarmos num mercado como o espanhol, que é cinco vezes superior ao português em número de pessoas e, talvez, dez vezes em volume de faturação.

Contudo, além do novo mercado, pretendemos aumentar a nossa penetração a nível nacional e também em Moçambique. Acreditamos no nosso potencial e na possibilidade de, num horizonte de dois a três anos, termos igualmente uma presença local em outros países. Queremos concretizar as nossas ideias recorrendo a inovação tecnológica, adoção das melhores práticas da indústria e acompanhamento constante da evolução do mercado. Tudo isto, assente numa ideia de crescimento sustentável e transversal a todos os departamentos da empresa.”
Qual a primeira ideia que gostaria que viesse à cabeça das pessoas quando ouvem a palavra “Sendit”?
“O meu parceiro na estratégia de Comunicação e Marketing Digital.”
Como descreve o sentimento de representar a “Sendit”?
“É um orgulho enorme fazer parte da Sendit, acompanhar o crescimento e contribuir para o seu sucesso ao longo dos anos.”
Que mensagem gostaria de transmitir aos colaboradores?
“Uma mensagem de agradecimento e confiança. Agradecimento pelo que somos, confiança no futuro. Temos uma equipa de múltiplas valências, experiente, produtiva, motivada e com um enorme potencial para superar os desafios que surgem. Somos uma empresa sólida, flexível, dinâmica e cada vez mais ágil, onde as diferenças de opinião são valorizadas e as decisões se podem tomar rapidamente, permitindo agir com celeridade. Tudo isto, aliado a uma forte componente técnica, confere-nos uma vantagem competitiva no mercado e a confiança de que percorremos um caminho de crescimento sustentável para obtenção de sucessos a todos os níveis.”

factos

facts
3 PAÍSES
Presença
facts
24 COLABORADORES
Equipa
facts
4 ÁREAS DE NEGÓCIO
Atividade
facts
20 A 30 PRODUTOS
Oferta

Grupo PDM

Retreat 2019
Nos dias 14 e 15 de março, realizou-se, no Hotel Vila Galé Évora, mais uma edição do já tão conhecido Retreat do Grupo PDM.
Saber mais

empresas | OVERVIEW DE 2018 E PERSPETIVAS FUTURAS

PDMFC
Em 2018, a PDMFC ultrapassou os objetivos definidos a nível interno. A meta era chegar aos 150 colaboradores, mas atingiu, até agora, quase 200 colaboradores.
MyFarm
A MyFarm pretende, através da sua plataforma Adelaide.farm, ajudar os agricultores portugueses a escoar os seus produtos, de forma regular.
Scope Invest
A empresa procura o desenvolvimento contínuo das competências da sua equipa, que considera ser a chave do seu sucesso.
Go4Mobiliity
A Go4Mobility definiu e planeou, para 2018, um conjunto de objetivos internos que considera ter conseguido atingir.
ZPX
2018 foi um ano emocionante para a ZPX! A empresa completou uma década e atingiu os objetivos que tinha definido para esse ano.
Babel-Azza
A empresa consolidou-se e cresceu organicamente em clientes novos e antigos, tendo terminado o ano passado com um crescimento de 40% face ao faturamento de 2017.
Estivemos presentes
eventos futuros